quarta-feira, 30 de setembro de 2009

O POETA, ESCRITOR LUIS BORGES


' PARECE-ME FÁCIL VIVER SEM ÓDIO, COISA QUE NUNCA TIVE,MAS VIVER SEM AMOR, ACHO IMPOSSÍVEL.'

Brasileiro é impedido de deixar embaixada em Honduras

TEGUCIGALPA - O diplomata brasileiro Lineu Pupo de Paula está impedido de deixar a Embaixada do Brasil em Tegucigalpa desde hoje, sob pena de não poder mais retornar ao edifício. A proibição foi imposta pelo fato de o Brasil não reconhecer o governo de facto de Honduras desde o golpe de Estado que derrubou o presidente Manuel Zelaya, em 28 de junho.
A chancelaria hondurenha exigiu do Itamaraty o envio de uma nota diplomática para acatar o pedido feito por De Paula de ir e vir à embaixada brasileira. O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, rechaçou a hipótese de encaminhar um texto formal, com timbre oficial, a Tegucigalpa e já afirmou em diversas ocasiões que não reconhece o governo de facto.
Enviado pelo Itamaraty na sexta-feira, De Paula assumiu a responsabilidade de revezar-se com o encarregado de negócios da embaixada, Francisco Catunda Resende, em turnos de 24 horas, enquanto Zelaya e cerca de 50 colaboradores permanecem sob abrigo do governo brasileiro. Como possui passaporte diplomático em Honduras, Catunda poderá ingressar e sair do prédio sem problemas.
Com a chegada de Zelaya ao prédio, na segunda-feira da semana passada, a administração da embaixada passou a funcionar na casa de Catunda que, nos últimos dias, encarregou-se da contabilidade e do pagamento dos funcionários. O prédio, hoje cercado por tropas do Exército e da Polícia Nacional hondurenha, serviu, no passado, como residência dos embaixadores brasileiros; entre eles, o diplomata e escritor pernambucano João Cabral de Melo Neto.
Apesar do ultimato do governo de facto, que deu prazo até terça-feira para os diplomatas brasileiros saírem do edifício e deixarem o país, De Paula não pretende abandonar o local. Catunda informou que não sairá de Honduras nem deixará de ir à embaixada.DENISE CHRISPIM MARIN - Agencia Estado

Instituto Inhotim ganha mais 9 obras permanentes -MG

Em MG, Instituto Inhotim ganha mais nove obras permanentes, do artista japonês Yakoi Kusama
 Instituto Inhotim, em Brumadinho, a 60 quilômetros de Belo Horizonte, inaugura para o público nesta quinta-feira, 1º, nove novas obras permanentes, na maior ampliação de seu conjunto artístico desde a inauguração, em 2004.

. De acordo com o alemão Jochen Volz, diretor artístico do Inhotim e um dos curadores da instituição, em obras dos "Nove Novos Destinos", o local oferecido para a montagem e suas possibilidades costumam influir nos projetos.
"Se há um fio condutor, este é a relação que Inhotim permite entre o artista e a natureza no processo de concepção da obra". É o caso de Sonic Pavilion (2009), uma construção erguida no meio da mata, no alto de um morro. Para alcançá-la, o visitante precisa seguir uma trilha isolada. O americano Doug Aitken criou um ambiente vazio, mas preenchido por uma transmissão contínua de estranhos sons emitidos a duas centenas de profundidade numa região fortemente associada à mineração
A paisagem no entorno fica embaçada quando o espectador se aproxima das paredes de vidros. Próximo dali, por outra trilha chega-se à obra De Lama Lâmina, do também americano Matthew Barney. No meio da floresta de eucaliptos, Barney (marido da cantora Björk) concluiu um projeto iniciado em 2004, a partir de uma performance realizada no carnaval de Salvador com o músico Arto Lindsay.
Artista que costuma se apropriar das mitologias locais, conforme Volz, o americano projetou uma enorme escultura dentro de domos geodésicos para apresentar uma narrativa sobre o conflito entre o orixá ferreiro Ogum, senhor dos metais, e Ossanha, o orixá das folhas e da mata. Barney fez questão de deixar no entorno os troncos das árvores que precisaram ser cortadas para que a obra fosse ali instalada. Uma das obras mais impactantes, Beam Drop Inhotim (2008), é a recriação ampliada de uma instalação de Chris Burden no Art Park, no Estado de Nova York,
Os novos destinos artísticos do Inhotim passam também pela instalação sensorial dos canadenses Janet Cardiff e George Bures Miller (The Murder of Crows - 2008). Eles reproduziram num galpão a obra já exposta em Berlim, um ambiente sonoro inspirado na gravura O sono da razão produz monstros (1799), de Goya. O visitante é convidado a se assentar ao lado de cadeiras nas quais caixas de som fazem o papel de músicos de uma estranha orquestra. Das caixas, também em pedestais e nas paredes, surgem uma aflita narrativa e sons diversos: revoada de corvos, marchas, cantigas de ninar, entre outros.
O público poderá apreciar também trabalhos do japonês Yakoi Kusama (Narcissus Garden Inhotim 2009)(foto acima de divulgação)do argentino Jorge Macchi (Piscina - 2009), das mineiras Valeska Soares (Folly - 2005/2009) e Rivane Neuenschwander (Continente/Nuvem - 2007) e do paulista Edgard de Souza (três estátuas de bronze sem título). "Não é só uma ampliação em si, mas a confirmação de uma proposta curatorial que é inédita e que permite, de fato, que muitos desses artistas realizem aqui o que eles consideram a obra-prima ou a utopia não realizável em outro espaço", conceituou a diretora-executiva Ana Lúcia Gazzola.
 acervo artístico do Inhotim já contava com obras de artistas de renome, como Helio Oiticica e Cildo Meireles. A diretora afirma que ainda é difícil falar em investimento desembolsado para os novos trabalhos. A expectativa é que a visitação até o fim do ano chegue a 38 mil pessoas, contra 18 mil em 2008. Eduardo Kattah - O Estadão

FOTOGRAFO JUVENAL PEREIRA


O Fotografo Juvenal Pereira  apresenta Ensaio com o Monge Kogen para a capa de seu livro "Portais Búdico ". Kogen é um monge Zen Budista  amigo.

PERMACULTURA NO PARQUE DA ASA SUL EM BRASÍLIA


Dentro do Programa Abrace um Parque do Instituto Brasília Ambiental – IBRAM do GDF, o IPOEMA realiza em 2009 todo o planejamento do Parque de Uso Múltiplo da Asa Sul. Nele estão previstas estruturas demonstrativas de permacultura para que o Parque seja utilizado pela comunidade para lazer, cultura e educação ambiental. O projeto é um convênio com o MCT – Secretaria de Inclusão Social, do Secretário Joe Valle e recebe também emenda parlamentar do Deputado Federal Rodrigo Rollemberg.
OFICINA  ACONTECERÁ NO  dia 3 de outubro no Parque da Asa Sul(614 sul).
Inscrições até dia 1 de outubro , quinta feira, pelo site www.ipoema.org.br
Para se inscrever:envie a ficha de inscrição que esta no site para cursos@ipoema.org.br
Maiores informações:Tel 9993.5672

Especialização em Jornalismo Online: Produção e Gerenciamento de Mídias Digitais

O Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Jornalismo Online: Produção e Gerenciamento de Mídias Digitais do UNIEURO tem como objetivo aprimorar o conhecimento dos profissionais envolvidos no universo da comunicação, com ênfase no desenvolvimento das melhores práticas do jornalismo na produção de conteúdos online e no gerenciamento de sites e outras plataformas digitais. O curso vai trabalhar conhecimentos atuais e úteis no cotidiano dos profissionais que pretendem atuar no universo digital, navegando pelos meandros do jornalismo online para desvendar as consequências e os desdobramentos da convergência das mídias. O estudo e o debate dos aspectos mais "quentes" e instigantes do tema também vão melhorar a compreensão dos alunos sobre o universo digital e suas implicações sociais e políticas, aprimorando sua visão crítica sobre o assunto.Desconto de 25% a todos os jornalistas sindicalizados que estejam em dia com as contribuições .(NR)
Sindicato dos Jornalistas Profissionais do DF -Filiado à FENAJ e à CUT
http://www.sjpdf.org.br/

O BALLET NATIONAL DE MARSEILLE


O Ballet N de Marseille irá apresentar em São Paulo, de 2 a 4 de outubro, o espetáculo Métamorphoses, criado por Frédéric Flamand. O grupo vem ao Brasil como atração da Temporada de Dança do Teatro Alfa. Inspirado no poema mitológico As metamorfoses, o público presenciará um verdadeiro mergulho no imaginário fantástico do autor latino Ovídio. O cenário e figurino, concebidos pelos irmãos e designers Humberto e Fernando Campanha, utilizam de produtos artesanais ou de reciclagem para apresentar um conceito de teatralidade diferenciado junto a atuação dos 16 bailarinos em cena. Os preços dos ingressos vão de R$ 40,00 a R$ 120,00 e já podem ser adquiridos no próprio teatro (R. Bento Branco de Andrade Filho, 722). Mais informações pelo telefone (11) 5693.4000(BC)

domingo, 27 de setembro de 2009

DESENSIBTOXICAR-SE É PRECISO Conceição Trucom

Desintoxicar-se é uma atitude de sabedoria e afetividade, pois trata-se de um permitir-se purificar, aliviar, deixar sair, diariamente, todas as nossas densidades, venenos e toxinas.São lixos como aditivos da indústria alimentícia e resíduos agro-pecuários ou excessos do metabolismo em desarmonia como colesterol, adrenalina e glicemia. Some os lixos das prisões psicoemocionais como mágoa, culpa, ciúmes, frustração ou depressão e até da subnutrição espiritual como a desesperança, medo e desafetos. Esta edição, chega com o compromisso de motivar o seu Deixar Sair e o Rir para lhe colocar na vibração da do desapego, da leveza, da mudança de perspectiva e deixar a Alma (ânima) voltar a fazer sua parte: te animar, te inspirar, te reconectar com Deus. Um convite: Desintoxicar-se para CELEBRAR a leveza e a existência da VIDA que te quero VIVA!
Se deixas sair o que está em ti, o que deixas sair te salvará!
Se não deixas sair o que está em ti, o que não deixas sair te destruirá! - Jesus Cristo

SITE LISA CONGDON

Os desenhos vibrantes da americana Lisa Congdon são do tipo que fazem a gente parar seja lá o que for para observá-los. Daí, quando você procura saber um pouco mais sobre a vida dela, acaba apaixonando-se por cada detalhe.Lisa é colecionadora desde criança:livros infantis,fotos escolares,botões vintage,porcelana...todos essses itens cheios de graça fazem parte do seu universo. O mais bacana é que ela

decora a própria casa com todas essas peças que coleciona (e fica tudo lindo!). O resultado é tão bom que já foi publicado em vários blogs legais de decoração como o Apartment Therapy e o Design Sponge.
Apesar de não parecer, Lisa entrou no mundo das artes já mais tarde. Aos 33 anos, ela deu uma reviravolta na vida e descobriu que queria trabalhar com artes (dessas decisões que parecem "chutar o balde", mas, na verdade, são para lá de importantes, sabe como?). A partir daí foi só sucesso: ela já fez ilustrações até para Urban Outfitters e Pottery Barn. Tudo com muito bom gosto.(radar55)

CONHEÇA O POETA LEONARDO SAMPAIO


A APOTEOSE DE SÃO  HERMENEGILDO
Vale o Homem a
sombra que deixa,
Sombra que faz no deserto brotar
A esperança, que destrói a areia,
Esperança que hei de
     voltar
Leonardo A. Sampaio, nascido em agosto de 1974 em Brasília, é graduado em Ciência Política pela Universidade de Brasília. Andou por Moscou em 1990 e passou meses na Península Ibérica (1993) e na Itália (1994) realizando pesquisas. Fez parte da equipe que realizou estudos para as comemorações dos quinhentos anos deo Brasil para a Câmara Legislativa Federal. Tem poemas traduzidos na Romênia, por onde andou em 2000. Traduziu para o português os poemas de San Juan de la Cruz
“É em nossas fontes mais autênticas — a rica, às vezes alegre, à vezes taciturna paisagem humana da Península Ibérica, plural no sangue, na experiência e nos destinos — que Leonardo procura os seixos com que desenha os seus mosaicos no chão deste novo ocidente e deste novo século.” (...) “Todo retorno é triste, mas todo retorno é sábio. Leonardo parece exilado em seu tempo, como quase todos os poetas são banidos de seu país natural.” (...) “O sebastianismo de Leonardo tem muitas leituras, e temo que nenhuma que eu possa fazer esteja de acordo com sua própria razão. Em primeiro lugar, jovens como Leonardo se encontram normalmente insatisfeitos com a realidade de nosso século. O saudosismo é uma saudável aspiração de glória. Leonardo tem dois tempos que marcam a sua inquietude, e ambos densos daquela hora antiga: o fim do século XV com a afirmação do poder dos Reis Católicos e a descoberta da América, e o fim do século XVI, com a tragédia de Dom Sebastião, um rei quase adolescente que, aparentemente, foi tangido para morte na África pelo misticismo e pela inocência.” Mauro Santayana
TEXTOS EM PORTUGUÊS / TEXTO IN ITALIANO / EN ESPANHOL

Rivelando il verso del tumulo
dedicato al dito di Dom Duarte de Meneses e un corpo
incontrato a Rabat (che continui, per ora, morto)
Rivelando il verso del tumulo
Vale l´uomo per ciò che fa e ciò che lascia
Resto così a pensare solitario sul mare,
Che morii presto e questa gentaglia maledetta
Mi fa già desistere di pesare in ritonare
A APOTEOSE DE SÃO HERMENEGILDO
São Paulo: All Print Editora, 2000

sábado, 26 de setembro de 2009

'HISTÓRIAS DO HOSPÍCIO E LENDAS DO ENCATADO- EMAR OLIVEIRA

"Haverá ainda, no mundo, coisas tão simplese tão puras como a água bebida na concha das mãos."Mário Quintana

Lançamento do livro "Ouvindo Vozes: Histórias do hospício e lendas do Encantado", do 
Edmar de OliveirConvite para o lançamento em Brasília, que estou organizando, do livro: Ouvindo Vozes: "Histórias do hospício e lendas do Encantado", do piauiense Edmar Oliveira, dia 30 de setembro de 2009 (quarta-feira) na Casa D' Itália, EQS 208/209 - (entrada pelo Eixo L) - Estação do Metro 108 (19h00min - Palestra, no Teatro Goldoni e 20h30min - Sessão de Autógrafos, no jardim do restaurante "O Convento”).
O livro reúne a experiência adquirida nesses dez anos em que Edmar vem dirigindo o Hospital Psiquiátrico do Engenho de Dentro, no Rio de Janeiro e é uma obra fundamental a quem se interessa pela luta antimanicomial, que tem em Edmar Oliveira um dos principais incentivadores. Escrito como um romance e não como trabalho acadêmico, atinge um público maior que só os da área psiquiatria

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

NOTA Á POPULAÇÃO

A bancada do Partido Verde na Câmara dos Deputados vem a público externar a sua preocupação com o conflito político que se instaurou em Honduras:
Exigimos, em primeiro lugar, que a embaixada brasileira seja respeitada, na sua inviolabilidade territorial, à luz do direito internacional;
Reforçamos ser necessário envidar todos os esforços para que a integridade física dos brasileiros que estão em Honduras e do próprio povo hondurenho não fique à mercê de abusos de autoridade
Preocupa-nos o uso indevido do território brasileiro e o desrespeito às normas locais e internacionais;
Por último, esperamos que o diálogo, mediado pela comunidade internacional, leve à recuperação dos preceitos constitucionais daquele país.

Bancada do Partido

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

CURSO PERMACULTURA

O Curso faz parte das ações do projeto Educação para a Sustentabilidade no Jardim Botânico de Brasília, que visa realizar a construção da casa-sede de barro, quiosque, captação de água da chuva, saneamento ecológico, paisagismo produtivo, plantio de sistema agroflorestal.
Durante o curso será iniciada a construção de uma Unidade Demonstrativa de Permacultura, a casa sede.
Dias 26 e 27 de setembro, 3 e 4 de outubro , e 10 e 11 de outubro.
curso de 52 horas, sempre aos finais de semana, de 9h às 18h.
Inscrições pelo site www.ipoema.org.br.
Julia Costa
61 - 8117.8356
61 - 3367.3359
"No caminho do bem"

CELEBRANDO TRES ANOS DA REVISTA PIAUI



Celebrando seus três anos, a revista Piauí realiza seu 1º Seminário de Comunicação, em 5 de outubro, a partir das 8:00, no auditório Amex/IAG da PUC-Rio. André Laurentino é um dos convidados do evento. Escritor e vice-presidente de criação da Lew'Lara\TBWA, Laurentino participa do debate cujo tema é: "Sobre a importância de manter cinco laranjas no ar ao mesmo tempo". Os interessados devem ser inscrever no site http://www.pensamentocriativo.com/

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

VIVA BRASÍLIA - UM TRIBUTO A JK


PRAÇA DO MUSEU NACIONAL DA REPÚBLICA – DE 25 A 30 DE SETEMBRO – ENTRADA FRANCA
Fernanda Takai, Milton Nascimento e uma mega-exposição homenageiam o fundador de Brasília
*shows ao ar livre e exposição multimídia interativa
*petiscos mineiros e músicas da terra de Juscelino prometem encantar os visitantes
* evento marca oficialmente o início das comemorações dos 50 anos de Brasília
Escolhido em 1999, em votação popular, o Brasileiro do Século, apontado pelo escritor mineiro João Guimarães Rosa como “o poeta da obra pública”, Juscelino Kubistchek é, segundo as palavras do jurista e político Afonso Arinos, o único estadista brasileiro que será lembrado daqui a mil anos. O homem idealista que, num arrojo de coragem, decidiu mudar a feição do País e construir a Capital Federal na região central do Brasil será homenageado, de 25 a 30 de setembro com um grande evento. Todo o evento tem classificação etária Livre

SHAKIRA RECEBE PREMIO DA SEÇÃO DO UNICEF NA ALEMANHA




Organização reconhece artista, de 32 anos, por trabalho de mobilização por futuro melhor de crianças e jovens
BERLIM - A seção alemã do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) premiou nesta segunda, 21, a cantora colombiana Shakira por seu compromisso com a infância.
"Com sua defesa dos direitos das crianças, Shakira incentiva crianças e jovens de todo o mundo a se comprometer contra a violência e a pobreza, pelo direito à educação e na luta contra a aids", afirma, em comunicado, a gerente do Unicef Alemanha, Regine S.Regine Stachelhaus.
Shakira, natural de Barranquilla (Colômbia), é embaixadora da organização desde 2003 e iniciou há anos em seu país a fundação Pies Descalzos para favorecer a formação infantil.(ag est)

DIA DA ÁRVORE

"PORQUE HA ESPERANÇA PARA Á ARVORE QUE, SE FOR CORTADA, AINDA SE RENOVARÁ, E NÃO CESSARÃO OS SEUS RENOVOS.' Jõ 14.7

Pela primeira vez no estado norte-americano do Nebraska, em 1872.
No hemisfério sul, o dia 21 de Setembro marca a chegada da primavera, estação onde a natureza parece recuperar toda a vida que estava adormecida pelos dias frios de inverno.
No Brasil, carregamos fortes laços com a cultura indígena que deu origem a este país; um deles é o amor e respeito pelas árvores como representantes maiores da imensa riqueza natural que possuímos.
Confirmando o carinho e respeito pela natureza, no Brasil, há 30 anos, formalizou-se então o dia 21 de Setembro como o Dia da Árvore - o dia que marca um novo ciclo para o meio ambiente.(o barriga verde

domingo, 20 de setembro de 2009

FOLHAS DE RELVA - WALT WHITMAN - Poema Grandiso é o Vísivel





Grandioso é o visível, a luz, para  mim - grandes são o céu e as estrelas.
Grandiosa é a terra, e grandiosos são o tempo e o espaço duradouros,
E grandiosas  são  suas leis, tão multiformes, confusas, evolucionárias,
Contundo mais grandiosa ainda é a minha alma invisível,
                                                                         [compreendendo,dotando todos aqueles,
Iluminando a luz, o céu e as estrelas, escavando a  terra, navegando pelo mar,
(O que seriam todos aqueles, de fato, sem ti,alma invisível? De que serviriam sem ti?)
Mais evolucionária, vasta, onfusa ó minha alma
Muitos mais multiforme - tu muito mas duradoura que eles.
[1819 / 1892
Walt Whitman, norte-americano, sempre sonhou ser poeta e desejou entender o que eram ã poesia e o sentimento poético. Com isso, interpretou a seu modo a América do seu tempo [século 19]. Era aberto a todo Conhecimento, viesse ele de pensadores, poetas, desconhecidos, da Bíblia. Seu mais famoso livro é "Folhas
das folhas de Relva" [Leaves of Grass
Uma síntese do poeta do “ego”, da boca escancarada, da voz livre. [E.M.]Uma síntese do poeta do “ego”, da boca escancarada, da voz livre. [E.M.]

  Para meu filho Roberto

sábado, 19 de setembro de 2009

BRECHÓ DE GRIFFÉ DA ANA




SEGUINDO A TENDENCIA DAS GRANDES CAPITAIS,NY, SÃO PAULO COM O LA PERLA E TRASH CHIC,ESTOU ABRINDO EM BRASILIA , UM BRECHO DE ROUPAS SEMI-NOVAS DE GRIFFES, BOLSAS , DECORAÇÃO E ACESSÓRIOS..

EM UM AMBIENTE AGRÁDAVEL E COM ÓTIMOS PREÇO

SHIS QI 19 ONJ 09 CASA 18 LAGO SUL
CONTATO 82033697

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Mary Travers, do trio Peter, Paul e Mary, morre aos 72


Em 1965, Paul Stookey à esquerda, Mary Travers ao centro, e Peter Yarrow. Foto: AP
Mary Travers, integrante do trio Peter, Paul e Mary, de folk dos anos 1960, que ajudou a popularizar o trabalho de Bob Dylan e a cantar hits como
 "Puff (The Magic Dragon)," morreu aos 72 anos, depois de uma batalha contra a leucemia.
Uma declaração no website do grupo nesta quarta-feira, 17, conta que Travers sucumbiu "pelos efeitos de um dos tratamentos de quimioterapia" na luta contra o câncer.Mary Travers, do trio Peter, Paul e Mary, morre aos 72,depois de uma batalha contra a leucemia.

Bandmate Peter Yarrow disse que nos seus últimos meses, Travers encarou seu problema de saúde "no bravo e mais generoso caminho inimaginável." Através de sua longa carreira, ele disse, Travers cantou com honestidade e completa autenticidade.(Reuters)

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

ZUCA SARDAN



ZUCA FOI UM "LUXO" DA BRIC-A-BRAC
Na revista Bric-a-Brac n º3 – publicação de poesia experimental publicada em Brasília de 1985 a 1992 -, lá estava ele em furo de reportagem da editora Lúcia Leão, que desvendou os “mystérios” do nosso bardo em “folhas sparsas”. Ela escreveu
“Foi uma aparição rara, a luz do dia. Zuca Sardanga, que já foi Sardana, é fluido e costuma só se materializar à noite, no limite letárgico entre a vigília e o sono. Mas naquela tarde ele brindou publicamente, na cervejaria Schopenhauer, com copos de chopp, a recuperação do seu “g”, surrupiado pelo mau-caráter Arsênio Salieri.
“O velho Zuca é meio fantasmal, e facilmente se evapora, tão logo procura se tornar mais objetivo...”, observa o conselheiro Felype Saldanha, diplomata brasileiro, que empresta desde o nascedouro, inteligência e forma ao personagem-poeta.(BlogdoTuriba)
Calote Metaphysico

A vida é curta
e a salvação difícil...
Além de que a salvação pessoal
parece um negócio
dos mais duvidosos...
conviria primeiro saber
se a salvação em si
existe.
E se não existe...
então aquela força
e os sacrifícios
só pra no fim levar
o calote metafísico!...
Zuca Sardan (Rio de Janeiro RJ, 1933) concluiu o curso de Arquitetura pela Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro, em 1956. Entre 1963 e 1965 fez o curso de preparação para Carreira Diplomática no Instituto Rio Branco, em Brasília DF; nos anos seguintes serviu, como diplomata, na Alemanha, Argélia, Nicarágua, EUA, Peru, URSS, Holanda e Tailândia. Em 1969 ocorreu a publicação de Poemas Zum, seu primeiro livro de poesia, em Tóquio (Japão). Em 1978 foi publicada a antologia bilíngue Francisco Alvim y Zuca Sardan: Poemas, versão para o espanhol por Abelardo Sanchez León, em Lima (Peru). No período de 1984 a 1990 colaborou nas revistas Brica-Braque e Arte em São Paulo, com desenhos e poemas. Sua obra poética inclui os livros Os Mystérios (1980), Visões do Bardo (1980), Aqueles Papéis (1975), Osso do Coração (1993), entre outros. Zuca Sardan pertence à geração de "poetas marginais" surgida nos anos de 1960 e 1970. Sobre sua obra, o crítico Carlos Alberto Messeder Pereira afirmou: "neste contexto de produção artesanal de livros de poesia, a trajetória de Saldanha é bastante ilustrativa e, certamente, ele não poderia estar ausente da história da ´poesia marginal´ como um todo. Muito antes de se falar em 'surto poético' ou qualquer coisa do gênero, Saldanha já produzia seus 'gibis': pequenos livros manuscritos, mimeografados a álcool, e com uma poesia profundamente irônica e questionadora

EM BUSCA DE CURA A longa caminhada de Fernanda

QUARTA - 16/09 (entrem no blog dela e assistam ao vídeo cliquem em project walk - sensacional!)
A história da linda adolescente que não jogou a toalha após ficar tetraplégica num acidente de carro. Fez fisioterapia, recuperou parte dos movimentos, formou-se e sonha voltar a andar com tratamento nos EUA.

BLOG. fernandafontenele.blogspot.com.
SITE http://www.andafernanda.com.br/


Quero me sentir livre de novo. Depois, agradecer a todos que me ajudaram e fazer alguma coisa por quem precisar Fernanda Fontenele, jornalista.



 
 Solidariedade

Qualquer ajuda é bem-vinda.

Banco do Brasil
Conta: 27649-9
Agência: 3380-4
Contato: 9202-7155,

Blog: fernandafontenele.blogspot.com.
Site: www.andafernanda.com.br

ISABELLE HPPERT,A DAMA FRANCESA NO CINEMA E NO TEATRO

Atriz está no Brasil, em mostra de filmes, exposição de fotos e papel na peça 'Quartett', dirigida por Bob Wilson
 - Ela é difícil, temperamental. É o rumor que cerca Isabelle Huppert e que marcou, inclusive, o distanciamento da imprensa em relação ao seu papel como presidente do júri no Festival de Cannes, em maio. Mademoiselle Huppert não se entrega, mantém a distância. Ela admite que sim. "Gosto de chamar a atenção, de ser fotografada. Vivo da minha imagem e tudo isso é importante, mas é preciso fixar limites. Tem gente que faz questão de expor sua privacidade, eu protejo a minha.
Atriz francesa Isabelle Huppert posa ao lado da mostra de fotos sobre ela. Foto: Keiny
Mademoiselle Huppert chegou por volta de 19h15 ao CineSesc, na segunda-feira à noite. Às 20 horas,deveria apresentar a sessão de Villa Amália, seu quinto filme com Benoit Jacquot, um dos autores aos quais é fiel, como Claude Chabrol, Michael Haneke e Bob Wilson, diretor da peça Quartett, da qual faz nesta quarta, 16, a última apresentação no Sesc Pinheiros. Quartett será montada também no Porto Alegre em Cena (dia 23) e em novembro irá para Nova York. Rapidamente, Isabelle subiu ao andar superior da sala na Rua Augusta e ali, durante cerca de meia hora, conversou com o repórter do Estado. No restante do tempo, foi amável com as pessoas que disputavam sua atenção, deixou-se fotografar. Estava de excelente humor. Ag. Estadão

BOB DYLAN EXPÕE CEM PINTURAS EM MUSEU DA DINAMARCA

Pinturas em acrílico denominadas 'Train Tracks' e 'Man on a Bridge', de Bob Dylan. Fotos: Reuters
 
COPENHAGUE - A Galeria Nacional da Dinamarca anunciou nesta quarta, 16, que vai exibir cerca de cem trabalhos do cantor, poeta e pintor norte-americano Bob Dylan, incluindo algumas pinturas recentes em acrílico.Dylan tem cultivado desde a década de 1960 seu interesse Tracks' e pela pintura, que só mostrou ao grande público em 2007, quando abriu uma exposição na Pinturas em acrílico denominadas 'Train Tracks' e 'Man on a Bridge', de Bob Dylan. FAlemanha, passando depois a participar de pequenas mostras em diferentes galerias na Europa e Estados Unidos.
Segundo o museu, a mostra terá 30 óleos de um conjunto de telas denominadas pelo músico e pintor de 'Série Brasil', que nunca tinham sido expostas ao público antes.(Reuters)

terça-feira, 15 de setembro de 2009

IPOEMA -Oficinas gratuitas de Bioconstrução -

 Programa Abrace um Parque do Instituto Brasília Ambiental – IBRAM do GDF, o IPOEMA realiza em 2009 todo o planejamento do Parque de Uso Múltiplo da Asa Sul. Nele estão previstas estruturas demonstrativas de permacultura para que o Parque seja utilizado pela comunidade para lazer, cultura e educação ambiental. O projeto é um convênio com o MCT – Secretaria de Inclusão Social, do Secretário Joe Valle e recebe também emenda parlamentar do Deputado Federal Rodrigo Rollemberg.

1º oficina no dia 19 de setembro no Parque da Asa Sul(614 sul).
Inscrições até dia 17, quinta feira, pelo site http://www.ipoema.org.br/


O IPOEMA em parceria com a CAESB realiza construção de Unidade Demonstrativa de Permacultura, com casa-sede de barro, quiosque, captação de água da chuva, saneamento ecológico, paisagismo produtivo, plantio de sistema agroflorestal.
O projeto visa realizar educação ambiental e ser um atrativo ecológico dentro do jardim botânico para visitação.
Oficina dia 20 de setembro no Jardim Botânico (subida da QI 23 do Lago Sul)
Inscrições até dia 17, quinta feira, pelo site www.ipoema.org.br

CONCURSO CULTURAL - TELEVISANDO O FUTURO 2009

O evento de lançamento do concurso cultural Televisando o Futuro 2009 foi realizado dia 2 de setembro em Toledo, no Paraná. Participaram do encontro aproximadamente 120 pessoas, entre diretores e coordenadores pedagógicos das escolas municipais. O projeto desenvolvido pela RPCTV e o Instituto RPC, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, tem como proposta mobilizar e envolver alunos, pais e professores na discussão dos conteúdos de reportagens especiais, produzidas pela RPCTV e que serão exibidas em setembro e outubro no telejornal Paraná TV 1.ª Edição. O evento contou com a presença de autoridades locais, como o prefeito de Toledo, José Carlos Schiavinato (foto), que declarou: “O projeto vai contribuir com a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, principalmente das crianças, despertando o interesse para discutir a escola dentro de suas casas”. Os professores também se revelaram otimistas: "Nossas crianças precisam ve r coisas novas, que venham trazer melhorias para o dia a dia delas”, destacou a diretora Neiva Schirmann. O tema deste ano é “A educação faz um mundo melhor”; os subtemas são educação ambiental, trabalhando valores, política e cidadania, qualidade de vida na escola, o mundo através da leitura, educação na diversidade, Integração escola-comunidade e conhecendo Toledo. O concurso, que vai envolver 8.500 estudantes de 1.ª a 4.ª séries de 35 escolas municipais, tem duas categorias: desenho e redação em formato reportagem. As escolas municipais de Toledo devem fazer as inscrições junto à Secretaria de Educação e os trabalhos dos alunos devem ser entregues até 13 de novembro. Os vencedores serão conhecidos no evento de encerramento desta edição do projeto em dezembro. (GC)(Portal Propaganda)

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

VEJA FOTOS DOS FILMES DE PATRICK SWAYZE

1º CINE FEST BRASIL LONDRES

De 17 a 20 de setembro, quando ocorre o 1º Cine Fest Brasil Londres, no Riverside Studios. Ao contrário do Barbican, o Cine Fest Brasil não tem um tema específico. A tônica do novo é o ineditismo. Quase todos os filmes do Cine Fest fazem sua première no Reino Unido e na Europa.
Entre os convidados do Cinema of Brasil, estão os diretores Jorge Furtado, Evaldo Mocarzel (Jardim Ângela), José Eduardo Belmonte (Se Nada Mais Der Certo e A Concepção), o artista Vik Muniz, e os atores e diretores Bruna Lombardi e Carlos Alberto Riccelli (O Signo da Cidade). O diretor Bruno Barreto (Última Parada 174), os atores Murilo Rosa (Orquestra dos Meninos) e Glória Pires (Se Eu Fosse Você 2) serão atração do Cine Fest.
O Barbican também abriga o 1º Simpósio Transnational Brazilian Cinema que vai discutir futuros acordos de coprodução entre Brasil e Inglaterra, ressaltar a atual vitalidade do cinema nacional, e analisar as perspectivas internacionais para a exportação. Para isso, executivos e analistas de mercado e especialistas em financiamento cultural, gestores públicos e a comunidade acadêmica brasileira e britânica vão se reunir dia 3 de outubro.(Flavia Guerra de Londres)

ARTISTAS GRÁFICOS -OS NOVOS RUMOS

Você conhece quem são os Ilustradores que mais se destacam no Brasil atualmente? Esse e outros temas ligados ao universo da ilustração serão destaques no debate entre profissionais da área de todo o país durante a 6ª Edição do Ilustra Brasil, que acontece entre os dias 14 de setembro a 16 de outubro, em São Paulo.
Segundo o artista gráfico e curador do evento, Orlando Pedroso, a ideia é fazer um apanhado geral do que acontece no mundo das artes gráficas nas últimas décadas. "Neste ano estamos focando a produção individual e procuramos dar aos participantes a oportunidade de conhecer um tipo de arte criada para atender de forma ágil e dinâmica às necessidades da comunicação de massa", afirma.
O encontro é uma iniciativa da Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB) em parceria com o SENAC São Paulo e o Centro Universitário Maria Antonia. O Ilustra Brasil é uma referência de excelência para profissionais do desenho e estudantes do segmento desde 2002.
 Nesta edição, o Ilustra aproveitará as comemorações do Ano da França no Brasil, com a presença da dupla de ilustradores franceses Laurent Cardon e Sylvain Barre
A programação prevê ainda palestras gratuitas e exposição de artistas renomados que trabalham com diferentes ideias, técnicas e estilos. Este ano a mostra terá a participação de Jefferson Luiz Alves, Daniel Bueno, Laerte Coutinho, Guto Lins, Samuel Heisel, Rafael Coutinho, Rafael Grampá entre outros.
Para participar o interessado precisam se inscrever no SENAC Consolação. Os temas a serem debatidos poderão ser consultados no site: www.sp.senac.br/ ou no http://www ilustrabrasil.com.br(Estadão)

Ator Patrick Swayze morre aos 57 anos

LOS ANGELES - O ator norte-americano Patrick Swayze morreu aos 57 anos nesta segunda-feira depois de lutar contra um câncer no pâncreas por quase dois anos, informou a imprensa dos EUA.
Swayze, conhecido pelos filmes "Ritmo Quente" e "Ghost", foi diagnosticado com a doença em janeiro de 2008. Ele disse em entrevista transmitida em janeiro deste ano que provavelmente tinha apenas dois anos de vida. Reusters

FESTIVAL DE VENEZA 2009 - VENCEDORES



O Leão de Ouro da 66ª Edição do Festival de Veneza foi atribuído ao filme israelita "Lebanon", de Samuel Maoz, que mostra a primeira invasão do Líbano pelas tropas de Telavive, nos anos 80, centrando-se no claustrofóbico ponto de vista da tripulação de um tanque. Um emocionado Samuel Maoz agradeceu ao júri e dedicou o prémio aos milhares de pessoas que todos os anos regressaram a salvo das guerras.
A iraniana Shirin Neshat conquistou o Leão de Prata para Melhor Realização pelo seu trabalho em “Women Without Men”, um drama centrado nos efeitos de um golpe apoiado pela CIA no Irão dos anos 50. Nas categorias de representação, o prémio para Melhor Actor coube ao britânico Colin Firth pelo seu trabalho de protagonista no drama homossexual “A Single Man”, uma interessante obra cinematográfica que também marcou a estreia do estilista Tom Ford enquanto realizador. O prémio de Melhor Actriz foi entregue a Ksenia Rappoport pela sua performance no filme italiano 'La Doppia Ora'. O prémio Luigi de Laurentiis para o Melhor Filme de Estreia foi para “Engkwentro”, de Pepe Diokno, um cineasta que também conquistou o prémio da Mostra Horizontes.
O júri da competição do 66º Festival de Veneza era presidido pelo cineasta asiático Ang Lee e formado pela actriz francesa Sandrine Bonnaire, pela cineasta italiana Liliana Cavani, pelo cineasta russo Sergey Vladimirovic Bodrov, pelo cineasta americano Joe Dante, pelo cineasta indiano Anurag Kashyap e pelo cantor e compositor italiano Luciano Ligabue.
Melhor Filme – Leão de Ouro: “Lebanon” (Israel)
Prémio Especial do Júri: “Soul Kitchen” de Fatih Akin
Melhor Realização – Leão de Prata: Shirin Neshat por “Women Without Men”
Melhor Actor - Coppa Volpi: Colin Firth por “A Single Man”
Melhor Actriz - Coppa Volpi: Ksenia Rappoport por “La Doppia Ora”
Melhor Actor ou Actriz Emergente: Jasmine Trinca por “Il Grande Sogno”
Melhor Argumento: Todd Solondz” por “Life During Wartime”
Melhor Contribuição Técnica: Sylvie Olivé por “Mr. Nobody”
Melhor Filme de Estreia: “Engkwentro” de Pepe Diokno
Controcampo Italiano: “Negli Occhi” de Francesco Del Grosso e Daniele Anzelotti
Prémio da Mostra: “Cosmonauta” de Susanna Nichiarelli

sábado, 12 de setembro de 2009

PLANEJAMENTO DE ESTUDO.

JOSÉ CARLOS DUTRA DO CARMO.
objetivo do texto é ajudar os estudantes no estudo da Língua Portuguesa. Sinto-me imensamente feliz em ser útil.
Especialmente para a Língua Portuguesa.
Para estudantes dos Cursos Fundamental e Médio

SITE: www.minhahistoria.net (já acessado por mais de um milhão de pessoas).

OPORTUNIDADE PARA PEQUENOS EMPRESÁRIOS

Pré-sal cria oportunidade de negócios para pequenos empresários
Mais de 8 mil empresas de pequeno porte foram identificadas como fornecedoras potenciais ou efetivas do setor petrolífero, nos últimos cinco anos, pelo convênio do Sebrae com a Petrobras. Com a descoberta do pré-sal, estimativa é que o número de parcerias aumente. Da Agêncioa Sebrae de Notícias

PRÉ-SAL

Petrobras terá centro de pesquisa do pré-salConstrução no Parque Tecnológico da UFRJ terá 8 mil metros quadradoshttp://portalexame.abril.com.br/ae/economia/petrobras-anuncia-centro-pesquisa-pre-sal-524691.shtml

BRASÍLIA FORMOSA


Gabriel Mascaro é uma das grandes revelações da cena pernambucana de cinema. Brasília Formosa, um dos bairros mais tradicionais e complexos de Recife. A junção do talento do diretor de Pernambuco com a riqueza histórica do local gerou o documentário Avenida Brasília Formosa, foi exibido pela TV Cultura, no programa DOCTV IV,  sexta, 11 de setembro, às 22:40(ESPERAMOS QUE TV CULTURA COLOQUE NOVAMENTE NA SUA GRADE DE PROGRAMAÇÃO.). A Avenida Brasília Formosa foi construída após a remoção das famílias que moravam nas palafitas sobre o mar na comunidade de Brasília Teimosa. No filme, ela é o ponto de partida para encontros entre pessoas singulares. A partir das histórias do cinegrafista Fábio, da manicure Débora, do pescador Pirambu e do garoto Cauã, o documentário constrói uma teia de relações, desenvolvidas sutilmente entre os personagens. A obra lança um olhar sobre a relação do homem com o seu modo de vida, por meio das inúmeras histórias compartilhadas entre os moradores de um bairro popular. Mascaro é diretor e roteirista do documentário KFZ – 1348, projeto premiado pelo edital Documenta Brasil (exibido no SBT e circuito de salas de cinema). Recentemente, finalizou novo documentário de longa-metragem intitulado Um lugar ao sol, premiado no concurso Ary Severo/Firmo Neto de Roteiros. (GC)   Formosa cidade tão proxima a Brasilia , antiga e cheias de historias  quem sabe Mascaro venha fazer um filme nesta cidade Formosa........

PARTIDO VERDE

Partido Verde apresentou no dia 10 de setembro, em rede nacional de televisão, a sua propaganda eleitoral semestral. A senadora Marina Silva (AC), recém-filiada ao partido, foi a principal estrela do programa, que contou também com as participações do deputado federal Fernando Gabeira (RJ), do presidente nacional do PV José Luis Penna (SP) e do vice-presidente nacional Alfredo Sirkis (RJ), entre outras lideranças. (GC)

DIA DO CERRADO COM O POEMA DA ANGELICA TORRES

MINHA HOMENAGEM AO DIA DO CERRADO COM O POEMA DA ANGELICA TORRES

MEU CERRADO
Encho os olhos
de paisagens
do cerrado
Um espírito rendado
emana da floresta
de ikebanas goianas
A claridade rasgada
o plano exato:
geografia instantânea

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

A VOLTA DA "LEGIÃO URBANA" NO PORÃO DO ROCK

Renato Russo será relembrado no domingo, dia 20, em plena Esplanada dos Ministério
É possível reunir de novo a banda "Legião Urbana" sem o seu líder Renato Russo? Os organizadores do 12º Porão do Rock vão, ao menos, tentar.
Os remanescente da Legião, o guitarrista Dado Villa-Lobops e o baterista Marcelo Bonfá, vão se reunir no mesmo palco no domingo, dia 20, em plena Esplanada dos Ministérios, com outros roqueiros de Brasília para fazer uma homenagem a Renato Russo que, em 2010, assim como Brasília, faria 50 anos.
Juntos vão cantar aquelas músicas que Renato Russo compôs para embalar sua geração: Geração Coca-Cola, Índio, Faroeste Caboclo. Sem dúvida, será um momento histórico.
"Eu não desminto. Deixa o pau comer", disse ao jornal Correio Braziliense o produtor do Porão do Rock Gustavo Sá. "Vai ser muito legal se acontecer. Será surpresa até para a gente".
O certo é que o pessoal das bandas Capital Inicial, Plebe Rude, Escola de Escândalo, Little Quail, Maskavo Roots e Raimundos, todos contemporâneos da Legião Urbana de Renato Russo estarão a postos para a grande homenagem.
Este 12º Porão do Rock brasiliense está, na realidade, abrindo os festejos dos 50 Anos de Brasília.
Neste fim de semana, por exemplo, a banda Plebe Rude irá gravar na Ermida Dom Bosco o seu primeiro DVD com o apoio da Brasiliatur.
"Turismo se faz por intermédio da cultura. Por isso, a Brasiliatur irá apoiar todas as iniciativas musicais de Brasília", garantiu João Oliveira, presidente da empresa. Turiba (aproveite visita blogdoturiba.blogspost.com

ANISTIA POLITICA - 30 ANOS


No dia 22 de agosto de 1979, o Congresso Nacional aprovou a Lei n.º 6.683, que permitiu a liberdade de parte dos presos políticos e o retorno dos brasileiros exilados e banidos. A votação, ocorrida sob fortes manifestações populares em todo o país, completou 30 anos. Em entrevista Paulo Abrão Pires Junior Presidente Comissão de Anistia do MJ ,faz um balanço desses trinta anos. Leia entrevista completa  no site Anistia Politica/MJ

PLANO CONTRA DESMATAMENTO VAI CRIAR FLORESTAS PÚBLICAS

O plano de ação para prevenção e controle do desmatamento e das queimadas do cerrado que foi ontem à consulta pública procura afastar a ideia de transformar o bioma em santuário ecológico. Em suas 152 páginas, o plano lista prioridades divididas em três eixos: controle e monitoramento; áreas protegidas e ordenamento territorial. Trata, por fim, do incentivo a atividades sustentáveis, incluindo o plantio de cana-de-açúcar para a produção de etanol.
Para o conjunto de ações do plano está previsto um investimento de R$ 440,9 milhões. Desse total, R$ 401 milhões virão dos cofres do Meio Ambiente. O restante está classificado como "recursos extras". Um dos braços principais do plano é composto pelas áreas protegidas e ordenamento territorial. Há previsão de investimento de R$ 17,4 milhões em três anos. A maior fatia dessa verba será destinada para a elaboração de planos de recursos hídricos: R$ 5,18 milhões.
Entre as propostas está a criação de 16 unidades de conservação integral: 6 em Mato Grosso, 5 no Tocantins, 2 em Goiás, 1 na Bahia, 1 no Maranhão e 1 no Piauí. O plano ainda sugere a criação de unidades de uso sustentável: 15 ao todo, distribuídas em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Bahia e Piauí. Há também previsão para cadastramento e criação de florestas públicas.
Com um histórico de conflitos com o governador Blairo Maggi (MT), grande plantador de soja, o ministério não deixou de citar a cultura como um fator de desmatamento. "No Mato Grosso, o plantio da soja foi iniciado pelos cerrados centrais e migrou para o norte cerca de 500 quilômetros, deslocando a fronteira agrícola. Nesse mesmo período, a área desmatada no Estado aumentou em dimensões semelhantes e de forma progressiva", diz o texto colocado para consulta.
O plano de ação para prevenção e controle do desmatamento e das queimadas do cerrado que foi ontem à consulta pública procura afastar a ideia de transformar o bioma em santuário ecológico. Em suas 152 páginas, o plano lista prioridades divididas em três eixos: controle e monitoramento; áreas protegidas e ordenamento territorial. Trata, por fim, do incentivo a atividades sustentáveis, incluindo o plantio de cana-de-açúcar para a produção de etanol.
Para o conjunto de ações do plano está previsto um investimento de R$ 440,9 milhões. Desse total, R$ 401 milhões virão dos cofres do Meio Ambiente. O restante está classificado como "recursos extras". Um dos braços principais do plano é composto pelas áreas protegidas e ordenamento territorial. Há previsão de investimento de R$ 17,4 milhões em três anos. A maior fatia dessa verba será destinada para a elaboração de planos de recursos hídricos: R$ 5,18 milhões.
Entre as propostas está a criação de 16 unidades de conservação integral: 6 em Mato Grosso, 5 no Tocantins, 2 em Goiás, 1 na Bahia, 1 no Maranhão e 1 no Piauí. O plano ainda sugere a criação de unidades de uso sustentável: 15 ao todo, distribuídas em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Bahia e Piauí. Há também previsão para cadastramento e criação de florestas públicas.
Com um histórico de conflitos com o governador Blairo Maggi (MT), grande plantador de soja, o ministério não deixou de citar a cultura como um fator de desmatamento. "No Mato Grosso, o plantio da soja foi iniciado pelos cerrados centrais e migrou para o norte cerca de 500 quilômetros, deslocando a fronteira agrícola. Nesse mesmo período, a área desmatada no Estado aumentou em dimensões semelhantes e de forma progressiva", diz o texto colocado para consulta.
Outro ponto de destaque é a recuperação de áreas degradadas, com aumento de ofertas de mudas e a disseminação de módulos para uso de múltiplos plantios. Uma das prioridades é desenvolver estudos com espécies nativas, reunindo informações sobre manejo econômico das espécies. A intenção é a de que dados coletados no trabalho sejam usados para nortear políticas de incentivo de manejo na região.  Estado de S. Paulo


 

BRASIL CRESCE 1,9% no 2o trimestre e sai da recessão

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A economia brasileira cresceu 1,9 por cento no segundo trimestre frente ao início deste ano, confirmando que saiu da recessão técnica e mostrando uma melhora no desempenho da indústria e firmeza do consumo interno

DIA DO CERRADO


NAO DEIXE ACABAR AS FLORES DO CERRADO

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

QUEDA DO DÓLAR

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar retomou a trajetória de queda ante o real nesta quinta-feira, refletindo ingressos de recursos e a redução de apostas na alta da moeda norte-americana no mercado futuro.
A desvalorização do dólar no cenário externo e o bom humor das principais bolsas de valores também colaboraram. A sessão, contudo, mostrou volatilidade, espelhando as incertezas que ainda permeiam a economia mundial.
A moeda norte-americana terminou em baixa de 0,65 por cento, a 1,822 real na venda, oscilando entre recuo de 0,98 por cento na mínima do dia e alta de 0,38 por cento na máxima.
No mercado futuro, a taxa referente ao contrato para outubro, o mais líquido, apontava baixa de 0,71 por cento às 16h20.
"A alta nas bolsas dos Estados Unidos e do Brasil mostra uma melhora na situação econômica como um todo. Isso leva a um ambiente mais propício a ativos de risco, colaborando para a queda do dólar", avaliou o operador de câmbio da Flow Corretora, Gabriel Aguilera.
esta sessão, os investidores assumiam uma postura mais positiva animados por perspectivas melhores no setor corporativo. O entendimento é de que prognósticos otimistas para empresas sugerem uma recuperação no consumo, elemento crucial à recuperação da economia norte-americana.
Somado a isso, um relatório do governo dos Estados Unidos mostrou queda nos pedidos novos e contínuos de auxílio-desemprego, desempenho melhor que o estimado.
O ambiente mais calmo motivava aplicações em ativos considerados de maior risco, entre eles as moedas de alguns países emergentes, como o rublo russo e o peso mexicano. Isso colaborava para a manutenção do dólar no menor nível em quase um ano frente a uma cesta com as seis principais moedas globais.
Aguilera, da Flow Corretora, citou ainda o desmonte de posições compradas de investidores estrangeiros no mercado futuro como mais um componente para a queda do dólar.
Na véspera, segundo números da BM&FBovespa, os não-residentes sustentavam 1,720 bilhão de dólares em posições compradas em dólar futuro e cupom cambial (DDI). Essa exposição, na prática, revela apostas na alta da divisa norte-americana. No dia 1o, esse número era de 5,364 bilhões de dólares.
"O investidor estrangeiro vem 'desmontando' posições desde a semana passada, e deve seguir com esse movimento", considerou(José de Castro)

IRÃ PROPÕE FIM DE ARMAS NUCLEARES NO MUNDO

WASHINGTON (Reuters) - O Irã propôs a criação de um sistema global para eliminar as armas nucleares e também se dispôs a cooperar com a questão afegã, com o combate ao terrorismo e com projetos de energia, mas não está disposto a discutir a interrupção ...

JOVENS DEVEM ENTRAR NA POLÍTICA

BRASÍLIA (Reuters) - Num contexto de crise ética e de prestígio que o Senado vem enfrentando desde o início do ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que o jovem tem de entrar na vida pública ao invés de desanimar na busca de um político perfeito.
Segundo o presidente, de vez em quando o jovem alega não gostar de política e diz que todos os políticos são iguais.
"O político perfeito que vocês querem pode não estar em mim, mas pode estar dentro de vocês", aconselhou Lula numa inauguração de escolas técnicas na cidade de Sobral, Ceará
Lula argumentou que não tem como o país evoluir se não acontecer uma renovação do quadro de governantes.
"O país não dá certo se a gente não for renovando e melhorando cada vez mais os quadros dirigentes de uma prefeitura, de um estado ou de uma república como o Brasil", completou.
A crise que o Senado está mergulhado desde o início do ano se dá por conta de denúncias contra parlamentares e contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP).

DESTAMENTO NA REGIÃO DO CERRADO

Desmatamento na região do Cerrado é o dobro da Amazônia, alerta Carlos Minc
A área do Cerrado registrou entre 2002 e 2008 um desmatamento de 127,6 mil quilômetros quadrados, o correspondente a 6,3% deste bioma, informou hoje o ministro do Meio Ambiente, Carlos MinC(R)

BRECHÓ DE GRIFFÉ DA ANA

“O LUXO PRECISA SER CONFORTÁVEL, SENÃO NÃO É LUXO” Coco Chanel

SE VOCÊ NÃO APROVEITOU AS OFERTAS DA ÚLTIMA EDIÇÃO DO SUPER BRECHÓ DE GRIFFE DA ANA, TEM AGORA NOVA OPORTUNIDADE DE CONFERIR AS NOVIDADES EM MARCAS FAMOSAS COM PREÇOS EXCELENTES.
Data: 11 de Setembro-Sexta Feira- a partir das 14 horas
12 de setembro – Sábado – a partir das 16 horas
LOCAL: SHIS QI 19 CONJUNTO 09 CASA 18 Lago Sul
CONTATO: 92992866
DIVULGUEM PARA AS PESSOAS SEU INTERESSE, TAMBÉM COLABOREM COM A DIVUGAÇÃO.
A IDEIA DO SUPER BRECHÓ É OFERECER MUITA COISA LEGAL COM PREÇO EXCELENTE ONDE VOCÊ ENCONTRARÁ ROUPAS, SAPATOS, BOLSAS, ACESSÓRIOS DE GRIFFÉS NACIONAIS E INTERNACIONAIS E AINDA ALGUNS OBJETOS DE DECORAÇÃO, MOVEIS, OBRAS DE ARTE E OUTROS ITENS. NESSA SESSÃO DE GARIMPO VOCE ENCONTRARÁ FANDI, CHANEL, CALVIM KLEIN, ZARA, LE LIS BLANC,MIXED E MUTOS CONHECIDOS

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

TV CULTURA EM 2010

Diversidade do talento brasileiro que emerge na iniciativa dos produtores independentes vai conquistar ainda mais espaço na grade da TV Cultura em 2010. A emissora é apoiadora de quatro dos cinco projetos aprovados, no final de agosto, pelo Fundo Setorial do Audiovisual da Ancine, com amparo da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos). A última etapa do processo, realizada no início do mês passado, no Rio de Janeiro, consistiu em um pitching – uma forma de audiência pública com a comissão julgadora, em que os produtores fizeram a defesa oral de seus projetos –, do qual participaram 11 projetos. Desse total, cinco foram escolhidos para serem financiados pela Finep, incluindo os quatro apoiados pela TV Cultura: História do Brasil (Conspiração Filmes), Curiosidade Animal (Bossa Nova Films), As Traças (Aiupa Brasil) e Arte Popular do Brasil (Pólo de Imagem). Para Fernando Almeida, vice-presidente da Fundação Padre A nchieta, mantenedora da TV Cultura, a conquista reforça a missão apregoada pela instituição: “É papel fundamental da TV pública refletir o potencial criativo da sociedade, promovendo a produção independente de qualidade”, afirma, em comunicado à imprensa, acrescentando: “A fundação está empenhada nesse caminho, de uma forma transparente e estruturada, com o apoio a certames como este.” Como apoiadora, a TV Cultura arcará com 15% do total do projeto escolhido pela Ancine e ainda veiculará o produto final no próximo ano. A Finep, que disponibilizará R$ 7 milhões ao financiamento, ficará responsável por até 80% do custo da produção e os 5% restantes dos gastos serão subsidiados pela própria produtora. (GC)

RiP: A remix manifesto' debate direito autoral e internet

De que lado da guerra de ideias você está?, pergunta o documentário “RiP: A remix manifesto”. Dirigido pelo canadense Brett Gaylor, e com exibição programada para o Festival do Rio, em setembro, o filme discute o direito autoral frente à liberdade da rede. O projeto foi rodado em EUA, China, Canadá e Brasil e teve colaboração dos internautas por meio de vídeos que eram enviados para um site. Ou seja: é um documentário open source.
“RiP” parte da história de Gregg Gillis, o engenheiro biomédico que ficou conhecido como Girl Talk, um dos mais importantes DJs de mashup do mundo. Dali, o diretor entrevista nomes ligados ao debate sobre propriedade intelectual, como Lawrence Lessig, criador do Creative Commons, e Jammie Thomas, aquela americana condenada a pagar US$ 2 milhões para a indústria fonográfica por “pirataria”. Andre Miranda

SUZANA AMARAL ENTRE OS GRANDES NOMES NO FESTIVAL DE TORONTO

A diretora Suzana Amaral, de 77 anos, é a única brasileira convidada para a mostra que vai homenagear os grandes nomes do cinema no Festival de Toronto 2009. Ela vai lançar "Hotel Atlântico" no evento, que vai de 10 a 19 de setembro. Chamada "Masters" (mestres), a seção reúne as novas produções de diretores consagrados. A seleção inclui Lars von Trier (que vai exibir seu esperado "Anticristo"), Amos Gitai ("Carmel"), Alain Resnais ("Les herbes folles"), François Ozon ("Le refuge"), Claire Denis ("White material"), Michael Haneke ("The white ribbon"), entre outros.
- Para uma pessoa perfeccionista como eu, integrar uma seleção com diretores como esses, é um grande reconhecimento - diz Suzana Amaral.
"Hotel Atlântico" é uma adaptação do romance homônimo de João Gilberto Noll e conta a história de um ator que sai errante pelo país, indo até o sul onde vive uma série de experiências marcadas, hora pela estranheza, hora pela sensualidade. O protagonista é o ator gaúcho Júlio Andrade (de "Cão sem dono", de Beto Brant). João Miguel e Mariana Ximenes .(rodrigo fonseca)

O PRÉ-SAL BRASILEIRO

Parte do Pré-Sal localizada no litoral fluminenseAs reservas de petróleo encontradas na camada pré-sal do litoral brasileiro estão dentro da área marítima considerada zona econômica exclusiva do Brasil. São reservas com petróleo considerado de média a alta qualidade, segundo a escala API. Estão localizadas nas águas territoriais brasileiras e na zona econômica exclusiva. O conjunto de campos petrolíferos do pré-sal se estende entre o litoral dos estados do Espírito Santo até Santa Catarina, com profundidades que variam de 1000 a 2000 metros de lâmina d'água e entre quatro e seis mil metros de profundidade no subsolo, chegando portanto a até 8000m da superfície do mar, incluindo uma camada que varia de 200 a 2000m de sal[3]. Segundo Márcio Rocha Mello, geólogo e ex-funcionário da Petrobras, a área do pré-sal poderia ser bem maior do que os 800 quilômetros, se estendendo de Santa Catarina até o Ceará.[4]
Apenas a descoberta dos três primeiros campos do pré-sal, Tupi, Iara e Parque das Baleias já dobraram as reservas brasileiras comprovadas, que eram de 14 bilhões de barris e agora são de 33 bilhões de barris. Além destas existem reservas possíveis e prováveis de 50 a 100 bilhões de barris
A descoberta do petróleo nas camadas de rochas localizadas abaixo das camadas de sal só foi possível devido ao desenvolvimento de novas tecnologias como a sísmica 3D e sísmica 4D, de exploração oceanográfica, mas também de técnicas avançadas de perfuração do leito marinho

O QUE É PRÉ-SAL

Origem: Wikipédia
Pré-sal é a denominação das reservas petrolíferas encontradas abaixo de uma profunda camada de sal no subsolo marítimo, também chamada de subsal. As rochas reservatório deste tipo de região normalmente são encontradas em regiões muito profundas, de difícil localização e de acesso mais complexo. A maior parte das reservas petrolíferas "pré-sal" ou "subsal" atualmente conhecidas no mundo estão em áreas marítimas profundas e ultra-profundas.
A primeira reserva petrolífera em área pré-sal no mundo ocorreu no litoral brasileiro, onde passaram a ser conhecidas simplesmente como "petróleo do pré-sal" ou "pré-sal". Estas também são as maiores reservas conhecidas em zonas da faixa pré-sal.
Depois do anúncio da descoberta de reservas na escala de vários bilhões de barris, em todo o mundo começaram processos de exploração em busca de petróleo abaixo das rochas de sal nas camadas profundas do subsolo marinho. Atualmente as principais áreas de exploração petrolífera com reservas potenciais ou prováveis já identificadas na faixa pré-sal estão no litoral do Atlântico Sul. Na porção sul-americana está a grande reserva do pré-sal no Brasil, enquanto, no lado africano, existem áreas pré-sal em exploração no Congo (Brazzaville)[1] e no Gabão [2]. Também existem áreas pré-sal sendo exploradas Golfo do México e no Mar Cáspio, na zona marítima pertencente ao Cazaquistão.

OBAMA DISCURSARÁ NO CONGRESSO PARA PROMOVER REFORMA DA SAÚDE

REUTERS
Por Patricia Zengerle
WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos EUA, Barack Obama, vai nesta quarta-feira ao Congresso para um discurso em que promoverá a reforma da saúde pública, sua maior prioridade na política interna
Assessores dizem que o pronunciamento, a ser transmitido pela TV, irá apresentar detalhes sobre a reforma, que pelo plano dele custaria 2,5 trilhões de dólares.
O principal objetivo de Obama é oferecer assistência médica aos 46 milhões de norte-americanos que não podem arcar com os planos de saúde privados, e garantir mais segurança aos que podem.

RESTITUIÇÃO

Receita libera consulta a lote do IRCerca de 381 mil contribuintes serão restituídos pela Receita nesse lotehttp://portalexame.abril.com.br/negocios/receita-abre-hoje-consulta-mais-lote-restituicao-ir-496934.html

SALUDOS DE NICOLÁS BEHR

Nicolas Behr lança livro em espanhol
Anotem! Dia 9 de setembro, às 18h, no Espaço Rayuela (412 Sul)
O poeta e ambientalista Nicolas Behr lançará o livro "La Brasiliada", uma seleção de poemas sobre Brasília, traduzidos para o espanhol pelo poeta cubano Jesus J. Barquet
A noite de autógrafos será no dia 9 de setembro, quarta-feira, a partir das 18h, no Espaço Rayuela, na 412 Sul. Não se esqueçam hoje as 18 h .NR

XIV BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DO RIO DE JANEIRO

Quem é o novo príncipe? Esta pergunta será o ponto de partida da participação da psicanalista e terapeuta Lidia Rosenberg Aratangy na programação oficial cultural da XIV Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. O tema será debatido no espaço Mulher e Ponto, em 19 de setembro, às 19:30. Desenvolvido especialmente para o público feminino – grande frequentador da Bienal e responsável por mais da metade do número de leitores do país –, o espaço Mulher e Ponto vai abrigar encontros informais entre autores brasileiros que retratam nas suas obras e o próprio cotidiano e assuntos do interesse das leitoras. Com a curadoria da jornalista Sonia Biondo, os temas abarcam comportamento, literatura, filosofia e relações afetivas, entre outros. A Bienal – que acontece de 10 a 20 de setembro, no Riocentro, e homenageia os Estados Unidos – reunirá mais de 100 autores brasileiros e 18 estrangeiros, que participarão de debates, sessões de autógrafos e encontro co m leitores. Autora do sucesso editorial O anel que tu me deste – o casamento no divã, que passa a integrar o portfolio da Primavera Editorial –, Lidia Rosenberg Aratangy analisa, na obra, o casamento e seus protagonistas com a experiência de uma profissional que bebe na fonte da psicanálise e que atua com terapia de casais há mais de 30 anos. (GC)

SEMINARIO 1001 UTLIDADES DAS IMAGENS DE SATÉLITE

Imagens de satélites agora não estão disponíveis apenas para grandes corporações e instituições públicas, mas também para pequenas e médias empresas, bem como para o usuário comum, que pode visualizar informações geográficas e conteúdos multimídia em mapas online. No caso da área de meio ambiente e agricultura, as imagens de satélites gratuitas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) são ótimas opções para quem necessita de nível de detalhamento em torno de 20 a 30 metros. Além disso, cenas obtidas. Até 2013, a previsão é que sejam lançados cerca de 30 satélites de observação da Terra de baixa, média ou alta resolução espacial, que serão somados aos mais de 50 que já estão em funcionamento. Dessa forma, as aplicações ganham cada vez mais espaço e, para quem procura informações precisas sobre o tema, no próximo dia 30 de setembro será realizado o Seminário 1001 Utilidades das Imagens de Satélite, no Bourbon Convention Ibirapuera, em São Pau lo. O evento é idealizado e organizado pelas revistas InfoGEO e InfoGPS, publicadas pela Editora MundoGEO, com apoio da Embrapa Monitoramento por Satélite e dos portais MundoGEO, InfoGPSonline, UOL e Apontador/MapLink. Mais informações pelo email seminario@mundogeo.com. (GC) (porta de propaganda)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

EU ADORO VOAR - CLARICE LISPECTOR

Foto regina bittencourt
Já escondi um AMOR com medo de perdê-lo
já perdi um AMOR por escondê-lo
Já segurei nas mãos de alguém por medo
já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz
ao ponto de nem conseguir fechar os olhos
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou
Já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam
Já tive crises de riso quando não podia
Já quebrei pratos, copos e  vasos, de raiva
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns
outras vezes falei o que não pensava para magoar outros...
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros...
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade
Já tive medo do escuro, hoje no escuro me acho, me agacho, fico ali
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer
já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo
Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda
Já chamei pessoas próximas de amigo e descobri que não eram...
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas
das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos
Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:

E daí...EU ADORO VOAR!
Enviado pela minha amiga  DEA,muita força, saude a vitoria é certa para você

RECADO BEM ATRASADO P/CILDO MEREILES

Acabei de vê Jornal da Noite(03/01/2009), estou feliz que sua obra chegou ao pique do sucesso , bem merecido ,  sei bem como voce trabalha indo ao fundo cada trabalho ,pesquisa , estudos,e muitas noitas acordada até chegar  perfeição da obra que voce está criando. Sinto orgulhosa de vê um Brasileiro(ESSE BRASILEIRO SER VOCE) reconhecido em Londres (e neste planeta terra )levando a cada londrino a refletir e respeita-lo . Seu trabalho é unico tornando terno, poetico,vibrante,  poderia dizer muita mas.... a arte fala por ela mesma.. bjs de sua amiga de sempre.




O ARTISTA CILDO MEIRELES

O surgimento de Cildo Meireles, como um dos mais significativos artistas brasileiros de sua geração, coincide com o fechamento político provocado pela promulgação do AI-5, em 1968, e o conseqüente desenvolvimento de propostas mais conceituais.
Nascido na cidade do Rio de Janeiro, passa sua infância e adolescência entre Goiânia, Belém do Pará e Brasília, onde, por influência do pintor peruano Félix Alejandro Barrenechea, passa a dedicar-se ao desenho. Por volta de 1966, quando se preparava para ingressar no curso de arquitetura da UNB, é convidado por Mário Cravo a expor seus desenhos no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAMB) em Salvador, motivo pelo qual não chegou a realizar os exames de vestibular.
Em 1967, retorna ao Rio de Janeiro, onde cursa por um breve período a Escola de Belas Artes, e freqüenta o ateliê de gravura do MAM. Nesta época, abandona temporariamente o desenho, e dedica-se a uma produção de cunho mais conceitual, voltada à crítica dos meios, dos suportes e das linguagens artísticas tradicionais. Em 1969, agora como professor do ateliê do MAM, funda ao lado de Guilherme Vaz e Frederico Morais a unidade experimental do museu, da qual passa a ser diretor.
Desta convivência com F. Morais e Guilherme Vaz, nasceria também “Do corpo a Terra”, manifestação realizada no Parque Municipal, nas ruas, nas serras e nos ribeirões da cidade de Belo Horizonte, sob a coordenação de F. Morais, em 1970. Cildo participa com “Totem - Monumento aos presos políticos”, na qual evocava aos presos e desaparecidos políticos do regime militar.
Nestes anos de censura, medo, e silêncio, que se seguiram à promulgação do AI-5, Cildo Meireles destacou-se por uma série de propostas política e socialmente críticas, como por exemplo, seu trabalho em carimbo em notas de um cruzeiro: “Quem matou Herzog?”, de 1975. Uma mensagem explícita, ainda que anônima, de sua visão da arte enquanto meio de democratização da informação e da sociedade. Motivo pelo qual costumava gravar em seus trabalhos deste período a frase: “a reprodução dessa peça é livre e aberta a toda e qualquer pessoa”, ressaltando a problemática do direito privado, do mercado e da elitização da arte
É também, neste mesmo período, que o artista elabora seu projeto “Inserções em circuitos ideológicos”, que consistia em gravar nas garrafas retornáveis de Coca-cola informações, opiniões críticas, a fim de devolvê-las à circulação.
Já no final da década de 1970, passa a explorar através de seus trabalhos, a capacidade sensorial do público (gustativa, térmica, oral, sonora) como chave da fruição estética, e em detrimento da predominância visual das artes plásticas. Emprega cada vez mais, mas sempre em função de uma idéia, materiais precários, efêmeros, de uso cotidiano e popular.
Particularmente na década de 80, Cildo Meireles não aderiu a proposta de revitalização da pintura, como grande número de artistas da geração 80 a fizeram. Ele seguiu com sua produção conceitual de múltiplas linguagens e suportes empregados. Entretanto, perpassando décadas e acumulando estilos e idéias, este artista - sendo um seguidor e fomentador da contravenção Duchampiana de dessacralizar a arte - incorpora em seu repertório um citacionismo irônico da tradição da arte que domina nos anos 80. Deste modo, ele promove amplas possibilidades de expressão sobre a escultura desmobilizada de preceitos formais.
Vale dizer, que a intensa produção de Cildo Meireles, ainda em andamento, ampliou seu campo criativo ao inserir instalação, objeto e tecnologia. Além disso, ele reafirmou seu compromisso com o público e não com o mercado de arte. Seu trabalho simboliza o máximo grau atingido pela relação aberta entre linguagem e interação.

Ana Claudia Salvato Pelegrini
[PIBIC-CNPq]
Luciana de A. Leite
[bolsista IC - FAPESP]
Daisy V. M. Peccinini
[coordenadora MAC-USP]

GRAMADO2009 - DOCUMENTÁRIO CILDO MEIRELES

O primeiro documentário da mostra competitiva no 37º Festival de Cinema de Gramado foi exibido na noite de terça-feira (11/8). Cildo é a estreia de Gustavo Moura na direção de um longa e ele conversou com os jornalistas um pouco antes da exibição do longa no festival gaúcho. “Faço parte do novo momento do documentário”, afirmou o jovem diretor, reconhecendo esse crescimento visível das produções documentais no cinema brasileiro. “Hoje em dia, muito mais gente faz documentário, já que está mais acessível fazer cinema. Ainda é difícil fazer um filme, mas antes as pessoas não podiam nem tentar, os acessos aos meios eram muito restrito.
Cildo é resultado de três anos do trabalho do diretor, que foi conquistando aos poucos a confiança do artista plástico retratado, Cildo Meireles, avesso às câmeras. “Cildo detesta ser filmado, não gosta de holofotes. Sabia que ele estava se esforçando quando eu ligava a câmera; ele sempre aceitou tudo que eu pedia, mas não acompanhou nada de montagem, viu o filme pronto”, explicou o diretor.
“Ele disse que se vê no filme, esse foi o maior elogio que eu poderia ouvir.”
Claro que Cildo é um documentário de público restrito. Não é todo mundo que se interessa pelas artes plásticas e a produção foca na apresentação do artista, não num aprofundamento de sua obra, numa função didática. Aliás, isso nunca foi a ideia de Moura.“Tive a preocupação em tentar criar uma relação do filme com o trabalho dele, como ele está refletido na constituição do filme, como conteúdo e forma”, explica. “A estrutura do filme é análoga à maneira como o Cildo fala. Ele trabalha muito com instalações, obras grandes e sensoriais. Como passar a riqueza da obra plastica dele? Cada trabalho teve seu desafio. Tentamos usar o som, os percursos pra tentar fazer a pessoa entrar no clima do trabalho.” O filme mistura camadas em imagens, sons, passeia pelas obras de Cildo e o ouve, sobretudo, falando principalmente sobre sua arte e como momentos decisivos do passado foram de alguma forma marcante, influenciando o que ele cria.
Por conta desse tema, pela não-popularidade de um filme como Cildo, Moura confessou ter ficado surpreso ao ser selecionado para Gramado por conta da ausência de tradição de documentários no festival, diferentemente do É Tudo Verdade, que exibiu o documentário pela primeira vez, no início deste ano

''DESAFIOS DO DESIGN''

Dois dos principais designers da atualidade, os norte-americanos Chuck Pelly e Gaylon White, estarão no Brasil em palestra única e gratuita sobre os “Desafios do design”, dia 14 de setembro, às 19:30, na Panamericana Escola de Arte e Design, na sede da Rua Groenlândia, nº 77. As vagas são limitadas a 50 pessoas e é preciso se cadastrar previamente pelo e-mail: palestra@escola-panamericana.com.br. (GC

ANO DA FRANÇA NO BRASIL

No âmbito do Ano da França no Brasil, os ministros dos Transportes da França e do Brasil, Dominique Bussereau e Alfredo Pereira do Nascimento, estarão juntos no Encontro Transporte e Inovação – A Experiência Francesa para dar início aos diálogos entre os dois países sobre o tema transporte ferroviário de passageiros. O evento, que acontece em Brasília, nos dias 9 e 10 de setembro, será realizado pela Embaixada da França, em parceria com o Ministério dos Transportes, e é parte estratégica das ações em comemoração ao Ano Econômico da França no Brasil, organizado pela UBIFRANCE. Estarão presentes ainda prefeitos, secretários de transportes, deputados federais, gestores do poder público e privado responsáveis pela área de transportes no Brasil, na França e na América do Sul. O evento contará ainda com a presença de especialistas, financiadores, como BNDES e Agência Francesa de Desenvolvimento, urbanistas e representantes da indústria de transporte ferrovi ário. Jean-Paul Fournier, senador e prefeito da cidade francesa de Nîmes, Pascal Lupo, presidente da SNCF International (Agência Francesa de Transporte Ferroviário), e Luiz Carlos Bueno de Lima, secretário de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, estarão entre os palestrantes. São esperados cerca de 400 convidados no encontro, que tem como objetivo promover o diálogo entre os principais representantes da França e do Brasil no segmento de transporte ferroviário de passageiros e discutir cases, tecnologias e inovações do setor. Outra finalidade é apontar alternativas para os desafios atuais dos transportes, segundo fundamentos do modelo francês, como reordenamento territorial, a revitalização urbana, a engenharia financeira e o estímulo à atividade econômica. (GC) portaldapropaganda

[bruno gagliasso] New Comment On: Arte e Loucura‏

Author: Ariny BianchiComment:Quando li essa sua postagem, me veio a cabeça vários artistas, mas Camille Claudel e Frida Kahlo foram as que mais me fixaram. Duas vivências distintas. Frida de fato sofreu muito em toda sua vida, Camille tinha o apoio do pai. Frida buscou a vida a luta, Camille se entregou a loucura. Ao final as duas tiveram um mesmo fim. Qual seria a explicação então?Agora entro no seu questionamento e falo sobre Camille Claudel - escultora parisiense.Camille com o dom artístico desde muito nova tem o apoio de seu pai, sua mãe já a impede de prosseguir, mas Camille continua. Até aí não é muito diferente de histórias comuns.A ARTISTA Camille como muitos outros artistas, ao meu ver, sofre de um alterego obstinado. A vida inconsciente se confunde com o consciente e se forma introspectiva. Camille se afundou em suas obras, caiu de cabeça, se entregou ao barro, ao carrara. Resultado disso, ela viveu tua obra e não o teu mundo. Claramente se vê isso em muitos artistas. Vivem tuas personagens tão afinco que acabam se distanciando do real e com tantas obras a impessoalidade se aproxima e a personalidade se distancia. Arrisco dizer que é esse o preço que se paga ao dom. A loucura. Loucura essa que nos presenteia com líricas obras grafadas, esculpidas, pintadas, cantadas, tocadas, encenadas, rabiscadas, fotografadas pelo mundo a fora. "E o que é um autêntico louco?É um homem que preferiu ficar louco, no sentido socialmente aceito, em vez de trair uma determinada idéia superior de honra humana.Assim, a sociedade mandou estrangular nos seus manicômios todos aqueles dos quais queria desembaraçar-se ou defender-se porque se recusavam a ser seus cúmplices em algumas imensas sujeiras.Pois o louco é o homem que a sociedade não quer ouvir e que é impedido de enunciar certas verdades intoleráveis." Van Gogh por Artaud:Não, van Gogh não estava louco, mas suas telas eram jorros de substância incendiária, bombas atômicas cujo ângulo de visão, ao contrário de toda a pintura com prestígio na sua época, teria sido capaz de perturbar seriamente o conformismo espectral da burguesia do Segundo Império e dos esbirros de Thiers, Gambetta, Félix Faure, assim como os de Napoleão III.Pois a pintura de van Gogh ataca, não um determinado conformismo dos costumes, mas das instituições. E até a natureza exterior, com seus climas, suas marés e suas tormentas equinociais não pode mais manter a mesma gravitação depois da passagem de van Gogh pela Terra. "Quanto à mão assada, trata-se de heroísmo puro e simples; quanto à orelha cortada, pura lógica direta, e repito,um mundo que, cada vez mais, noite e dia, come oincomível para fazer sua maléfica vontade alcançar seus objetivosnão tem outra alternativa nessa questãoa não ser calar a boca." Pois é, assim caminha a humanidade!

OBRAS HENRI MATISSE EM EXPOSIÇÃO

Neste sábado (5), a Pinacoteca do Estado  inaugurou "Matisse Hoje", exposição individual de uma das maiores referências das artes do século 20, o francês Henri Matisse (1869-1954). Esta é a primeira vez que São Paulo recebe uma exp
A mostra --que faz parte da programação oficial do Ano da França no Brasil-- reúne 80 obras do artista, entre esculturas, desenhos, fotos, documentos e livros ilustrados vindos de coleções públicas e particulares do Brasil e da França. A ideia é apresentar traços característicos do processo criativo do artista, como a combinação única e intensa de cores, linhas e espaço.
Obras de cinco artistas franceses contemporâneos, influenciados pelo universo matissiano, também integram a mostra --Cécile Bart, Christophe Cuzin, Frédérique Lucien, Pierre Mabile e Philippe Richard.
Pertencentes ao acervo da Pinacoteca, trabalhos dos brasileiros Beatriz Milhazes, Rodrigo Andrade, Paulo Pasta, Dudi Maia Rosa, Felipe Cohen e Waltércio Caldas também fazem parte de "Matisse Hoje".
Pinacoteca do Estado - pça. da Luz, 2, Bom Retiro, região central, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3324-1000. Até 1º/11. Ter. a dom.: 10h às 17h30 (c/ permanência até as 18h). Ingr.: R$ 6 (grátis aos sábados). Classificação etária: livre.(folha Online)